RESEARCH

Princípios de Metodologia de Investigação em Saúde
Esta unidade curricular pretende dotar os alunos dos conhecimentos, aptidões e comportamentos que lhes permitam identificar, definir, analisar, desenvolver, interpretar e sintetizar resultados de estudos de Investigação em Saúde.
A Investigação em Saúde tem como objectivo responder a questões no âmbito da Medicina Clínica e da Saúde das populações, contribuindo assim para o conhecimento e a tomada de decisão. As questões abordadas nesta área dizem respeito ao estudo da etiologia, prevenção, diagnóstico, tratamento, prognóstico, e da frequência de condições clínicas e entidades associadas.
A compreensão dos fundamentos da metodologia científica e o desenvolvimento de um conjunto de competências básicas torna-se, neste contexto, essencial à realização de um trabalho de investigação de qualidade.
No final desta unidade curricular os estudantes deverão ser capazes de: (1) planificar um trabalho original ou de síntese de Investigação em Saúde, de forma a gerar evidência de qualidade (2) avaliar criticamente os resultados de trabalhos de investigação em saúde, em particular, no âmbito da sua aplicação à tomada de decisão.
Método científico e a sua aplicação à área da Saúde;
• Abordagem faseada à concretização de um trabalho de Investigação em Saúde;
• Formulação da questão clínica e identificação adequada dos seus elementos;
• Desenho de estudos: Definições e classificação, Estudos experimentais – ensaios clínicos, Estudos observacionais, estudos de testes diagnósticos, estudo de síntese, consensos e guidelines;
• Precisão, validade, erros aleatórios e erros sistemáticos;
• Medidas de frequência, associação, validade e impacto;
• Seleção de participantes;
• Teoria fundamental da amostragem e determinação do tamanho da amostra: Vieses na seleção de participantes;
• Seleção dos métodos e instrumentos para a recolha de dados: Reprodutibilidade e validade de instrumentos de medida; Desenho e validação de questionários e escalas de medição; Vieses na recolha de dados;
• Recolha, processamento e análise de dados; Vieses na identificação de ocorrência de medida de resultado.
Os conteúdos lecionados dotarão os estudantes dos conceitos e competências básicos necessários para a planificação, execução e avaliação crítica de trabalhos de Investigação em Saúde. Será promovida uma atitude crítica e a capacidade de julgamento perante a evidência científica. Assim, existe uma correspondência ótima entre aqueles que são os objetivos de aprendizagem e os conteúdos programáticos abordados.
Aulas teóricas e teórico-praticas.
Será usada uma plataforma de e-learning para suportar as aulas teóricas e práticas desta unidade curricular.
A avaliação desta unidade curricular terá uma componente prática, através da realização de um trabalho prático, e um exame final, com ponderação de 20% e 80% da nota final, respetivamente. O exame final que versará o conteúdo teórico do programa da unidade curricular sendo constituído por: (a) questões de resposta fechada, simples e múltipla, (b) questões abertas de resposta breve e (c) questões de desenvolvimento. O exame terá a duração de 90 minutos.
As aulas teóricas são um veículo adequado para a transmissão dos conceitos teóricos envolvidos, enquanto as aulas teórico-práticas permitirão o desenvolvimento das competências e comportamentos necessários à integração destes conteúdos. Estas metodologias permitirão o desenvolvimento de uma atitude crítica e de uma abordagem sistemática e cientificamente adequada perante a resolução de problemas e perante a execução e avaliação crítica de trabalhos de Investigação em Saúde.
Hulley, S.B., Cummings, S.R., Browner, W.S., Grady, D. G., & Newman, T. B. (2013). Designing Clinical Research (4th edition). Philadelphia: Lippincott Williams and Wilkins
Fletcher, R., & Fletcher, S.W. (2014) Clinical Epidemiology: The Essentials (5th Edition). Philadelphia: Lippincott Williams and Wilkins
Haynes, R.B., Sackett, D.L., Guyatt, G.H., & Tugwell, P. (2006). Clinical epidemiology: how to do clinical practice research (3rd edition). Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins
Lopes, R.D. & Harrington, R. A. (2013). Understanding Clinical Research. New York: McGraw-Hill Education.